QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
ALIMENTAÇÃO ATINGE A MAIOR VARIAÇÃO DESDE A SEGUNDA LEITURA DE ABRIL (1,37%)

ALIMENTAÇÃO ATINGE A MAIOR VARIAÇÃO DESDE A SEGUNDA LEITURA DE ABRIL (1,37%)

 

    Puxado pelo encarecimento do tomate, que apresentou alta de quase 30%, o grupo Alimentação deu um salto de 0,21 ponto porcentual na passagem do final de outubro para a primeira leitura de novembro no âmbito do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O produto subiu 29,65% no período, contra 15,82% na leitura anterior, e ocupou o topo das elevações mais significativas do IPC-S da primeira leitura do mês. Na primeira pesquisa de novembro, o IPC-S teve variação de 0,63%, após 0,55% no levantamento passado.

    "O tomate está encabeçando a lista das maiores pressões. Há informações de quebra de safra por causa do clima. Trata-se de uma cultura bastante volátil, espalhada e que sempre surpreende", avaliou.

   O economista explicou que o movimento de preços elevados reflete um minichoque de ofertas do lado dos alimentos in natura que está afetando com mais força os legumes e hortaliças. 

   Além do tomate, Picchetti ressaltou que outro produto que também está pressionando o grupo Alimentação é a batata-inglesa, que subiu 2,10% na primeira leitura do penúltimo mês do ano. Apesar da alta, o economista acredita em alívio na inflação de alimentos, pois alguns produtos estão em queda no atacado, inclusive a batata. 

   "Há sinais de abrandamento. Os preços da batata-inglesa, dos ovos e das aves estão caindo no atacado. Tem ainda os preços das carnes bovinas que estão desacelerando no IGP-M. É mais um item que deve ajudar a Alimentação. Só o tomate segue em alta no atacado, mas não deve subir continuamente ao longo das próximas leituras", estimou, completando que outros produtos já estão recuando no IPC-S, como o leite tipo longa vida, que cedeu 2,13% na primeira leitura de novembro.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.