QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
Balanço da Copa: bom futebol e 'fantastic people' contrastam com algumas falhas nas arenas

Balanço da Copa: bom futebol e 'fantastic people' contrastam com algumas falhas nas arenas

Nem tanto ao céu, como os organizadores esperavam, nem tanto ao inferno, como muitos pessimistas previam. A Copa do Mundo do Brasil começou com um certo ceticismo por parte da mídia nacional e internacional, principalmente por conta dos atrasos nas preparações e da iminência de greves e protestos. Cinco dias após o início da competição, a primeira rodada fluiu com alguns problemas de organização, mas sem que o maior espetáculo do futebol fosse afetado.
Com todos os estádios "estreados", já foi possível perceber algumas dificuldades em comum. A primeira delas sendo um velho problema brasileiro, principalmente em lugares com uma grande concentração de pessoas: a internet e o sinal de 3G. Antes da Copa, o "padrão" nas arquibancadas do Brasil era não se conseguir utilizar o 3G pela maior parte em que elas estavam povoadas. Durante o Mundial, a melhora foi nítida, e os torcedores até têm conseguido mandar as famosas selfies para as redes sociais - mas a instabilidade do sinal ainda é notável.
Para os jornalistas, em algumas arenas, a conexão wifi já tem sido suficiente para trabalhar. Nas em que o sinal de internet sem fio era instável, restou apelar para a rede cabeada, que tem funcionado muito bem nos 12 estádios, segundo apurou a BBC Brasil.
O segundo grande desafio desta Copa do Mundo no Brasil tem sido enfrentar o trânsito em algumas das cidades-sede. Em capitais onde o congestionamento já é frequente, como Salvador e Manaus, por exemplo, os dias de jogos foram um pouco caóticos, e os torcedores que tentavam ir de carro à Fonte Nova e à Arena Amazônia, respectivamente, sentiram na pele os problemas de mobilidade urbana das duas cidades.
Já dentro do estádio, a grande reclamação é com relação aos voluntários. Todos muito elogiados pela educação e prestatividade, mas criticados principalmente por não saberem passar informações básicas - localização de banheiros, bares, assentos, etc. Se a pergunta vem em inglês, é ainda mais difícil conseguir uma resposta - os voluntários bilíngues ainda são uma raridade nas arenas.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.