QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
Copa do Mundo no Brasil pode estimular proliferação de doenças importadas

Copa do Mundo no Brasil pode estimular proliferação de doenças importadas

Em meio à euforia para a realização da Copa do Mundo 2014 no Brasil, as autoridades da área de saúde pública estão atentas aos casos de doenças comuns em outros países que podem se proliferar entre os brasileiros. A Arena Pernambuco, na Região Metropolitana do Recife, por exemplo, receberá os jogos das seleções da Alemanha, Estados Unidos, Croácia, México, Japão, Costa Rica e Itália.

Segundo as análises do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde de Pernambuco, os torcedores vindos destes países podem trazer em seus organismos doenças como rubéola, varicela, gripes aviárias e suínas, cólera, entre outras. Todas essas enfermidades se tornaram, com o tempo, incomuns entre a população brasileira, o que pode tornar os moradores locais mais vulneráveis por falta de anticorpos específicos.

Além das doenças que podem ser "importadas" durante a Copa do Mundo FIFA 2014, o infectologista Demétrius Montenegro alerta para outra questão preocupante: as doenças que os estrangeiros podem contrair no Brasil. "No caso do Nordeste, nós temos um grande problema com relação à dengue. No Norte do País, a atenção já é com a malária e a febre amarela. São doenças que não são comuns na Europa e podem causar surtos fora do nosso País", disse o especialista.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.