QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
Doença Fúngica da soja duplicam no Brasil com chuvas e podem repassar o valor do tratamento.

Doença Fúngica da soja duplicam no Brasil com chuvas e podem repassar o valor do tratamento.

Os casos registrados de ferrugem asiática em lavouras de soja no Brasil mais do que dobraram no último mês, com os focos concentrados no Sul do país, onde as chuvas têm sido acima da média histórica em função do fenômeno El Niño.

Os relatos de ferrugem desde o início de junho até o momento totalizam 136 casos no Brasil, sendo 63 no Paraná e 43 no Rio Grande do Sul, segundo o Consórcio Antiferrugem, uma parceria público-privada criada há mais de uma década para monitorar a presença da doença fúngica.

A ferrugem já causou grandes prejuízos ao setor produtivo nos momentos em que não foi combatida adequadamente no país.

Um mês atrás, os registros no Brasil totalizavam 66 casos. Um ano atrás, na safra 2014/15, eram 60 casos relatados.

A ferrugem, que prejudica o desenvolvimento das plantas, pode ser controlada com a aplicação de fungicidas.

Especialistas dizem que os produtores brasileiros têm experiência em controlar a doença, mas as aplicações de defensivos tendem a elevar os custos de operação das fazendas.

"Há relatos, mas nada que não esteja sob controle", disse o economista Marcelo Garrido, do Departamento de Economia Rural (Deral), do governo do Paraná. "Se as previsões se confirmarem, de El Niño forte até março, a situação não vai ser confortável, vai dar trabalho, vai aumentar o custo do produtor."

https://br.noticias.yahoo.com/casos-ferrugem-da-soja-duplicam-em-um-m%C3%AAs-185033658.html
(Por Gustavo Bonato)

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.