QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
Há alternativas saudáveis ao açúcar?

Há alternativas saudáveis ao açúcar?

Você não usa açúcar nem adoçantes e está procurando opções mais saudáveis para edulcorar suas receitas, seu café ou seu iogurte natural. Talvez você tenha descoberto o açúcar de cana, o mel, xarope de bordo ou o de agave, quem sabe até o xarope de trigo orgânico. São nomes que soam bem, que possuem uma aura beatífica de alimentos “naturais” e que criam um bom clima. Além disso, eles são vendidos em lojas especializadas cheias de coisas eco-bio-orgânicas de países distantes, por isso não podem ser ruins.

Você olha e compara os rótulos de todos aqueles produtos processados que coloca no seu carrinho de compras, evitando todos os que tenham impressa a palavra “açúcar”. Por isso você leva para casa esses biscoitos super saudáveis com xarope de milho, ou esse magnífico torrone com frutose, ou aquelas bolachas com xarope de malte, ou com mel, melaço ou dextrose. Ou com todas essas coisas juntas, desde que seja “sem adição de açúcar”.

Bem, permita-me ser sinceramente cru: você está se enganado e existem muitas possibilidades de que você esteja fazendo as coisas ainda pior. Mark Twain fez um resumo perfeito para essa ocasião: “Não é o que você sabe o que te coloca em apuros. É o que você acredita saber com certeza e que simplesmente não é assim”. Deixe-me explicar.

Suas intenções são provavelmente as melhores do mundo: não adicionar muito açúcar em sua dieta. Isso é muito bom: lembremos que se estimou atualmente que o consumo por habitante e por ano de açúcares está próximo de 70 kg, enquanto que três séculos atrás era de aproximadamente 3. No entanto, hoje vamos descobrir que xaropes, méis e demais substâncias de nomes complacentes com as quais você acredita substituir o açúcar são, na verdade, uma estratégia dos fabricantes para esconder o principal ingrediente: precisamente aquele do qual você pretende fugir.
Observe como mudaria a conversa nesse rótulo se trocássemos as palavras “xarope de trigo” (orgânico) e “açúcar de cana” (também orgânico) por “açúcar”, aquilo que queremos evitar, mas que ao mesmo tempo é o que na realidade contêm esses lindos ingredientes. O resultado, na informação nutricional (texto abaixo): 42,7% de carboidratos, aposto que em sua imensa maioria são açúcares (que não detalham quais são, os danados).

No mundo da camuflagem açucareira podemos encontrar muitos adjetivos que qualificam o produto, mas que de forma alguma e em nenhum caso evitam a indefectível natureza do que temos em mãos. Refiro-me ao açúcar de confeiteiro, demerara, turbinado, pérola, candi, etcetera.

Os nomes desses açúcares podem soar mais ou menos bem e podem ter sido vendidos a você como a quintessência do saudável (eis aqui um exemplo de mistificação editorial por meio da promoção de edulcorantes), mas são sempre mais do mesmo, açúcar, numa percentagem elevadíssima, cujas características originais estão mais em sintonia com suas propriedades organolépticas ou sensoriais do que nutricionais.

Em resumo

O uso do açúcar camuflado, dos adoçantes, é uma prática em ascensão na indústria de alimentos. O açúcar desfruta hoje em dia e cada vez mais de uma má, e justificada, imagem, em parte devido à sua esmagadora ubiquidade que aumenta o risco de não poucos distúrbios metabólicos.

No entanto, no fim das contas, o uso desses eufemismos adoçantes entre os ingredientes não resolve nada, pelo contrário, prejudica o consumidor na hora de fazer as escolhas certas, de acordo com os seus interesses (evitar o açúcar). Mais especialmente quando tais edulcorantes, além de evitar a palavra maldita, envolvem sua imagem numa imagem particularmente agradável e benéfica.

Como disse uma boa colega, é como se na luta contra a presença de sal nos alimentos alguém evitasse seu uso num determinado produto colocando, entre os ingredientes, água do mar. Algo que soa muito melhor do que o sal que, em última análise inclui, mas sem mencionar precisamente o que queremos evitar.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.