QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
HARALD MUDA EMBALAGEM DE CHOCOLATES

HARALD MUDA EMBALAGEM DE CHOCOLATES

     

 

     A Harald está alterando as embalagens de alguns produtos da linha Harald Melken Unique, composta por chocolates elaborados com cacau fino proveniente de fazendas da Bahia e da região amazônica do Pará. A mudança foi impulsionada pelo aumento da demanda pelo produto no exterior, mas também ocorrerá no mercado interno, sendo a única marca da categoria a ser oferecida em caixas.

        Para que a Harald pudesse atender essa demanda do mercado externo foi realizada uma pesquisa e desenvolvido um novo sistema para embalar a linha de gotas. As novas embalagens tinham que ser mais resistentes ao calor e a impactos e também contribuir para a preservação das aracterísticas físico-químicas e sensoriais de cada produto. A solução para atender a todas essas exigências foi acondicionar as gotas de chocolate em sacos plásticos metalizados e depois em caixas micro-onduladas.

         Os itens que ganharam as novas embalagens são Chocolate Amargo 53% - M. Libânio – Bahia; Chocolate Amargo 63% - João Tavares – Bahia; Chocolate Amargo 70% - Amazônia - Alto Xingu; e Chocolate Ao Leite 35%. Os demais produtos da linha, Chocolate Branco 35% - Brasil; Cacau em Pó 22-24 -100% - Brasil; Granulé Chocolate ao Leite Fino & Extra Fino – Brasil; e Granulé Chocolate Meio Amargo Fino & Extra Fino – Brasil continuam embalados em sistemas flow pack ou stand up pouche, pois já vêm em barra, pó ou são granulados.

         A linha Harald Melken Unique reúne chocolates de origem produzidos no Brasil, utilizando cacau fino com chancela de procedência declarada, o que garante a origem de um chocolate superior, levando em conta sua localização geográfica, qualidade do solo, as fontes de água, forma de cultivo e o processamento dos grãos de cacau.

 

Chocolate gourmet cresce no Brasil

 
       O balanço anual da ABICAB, entidade que reune fabricantres de chocolates e doces, aponta que a produção nacional de chocolate cresceu 3,1% em 2012, com 732 mil toneladas. Isso coloca o Brasil como o terceiro lugar entre os países produtores. No consumo por habitantes o País está em quarto lugar, com 2,2 kg de chocolates consumidos por pessoa ao ano. Há três anos essa média era de 1,65 kg.

          Hoje, o segmento gourmet representa cerca de 2% do total consumido no mercado de chocolates mas, segundo dados da Abicab, vem crescendo até três vezes mais que o segmento de chocolate comum. 

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.