QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
MIT CRIA ETIQUETA NFC QUE AVISA SE O ALIMENTO ESTÁ ESTRAGADO

MIT CRIA ETIQUETA NFC QUE AVISA SE O ALIMENTO ESTÁ ESTRAGADO

 

Mesmo dentro do prazo de validade, determinados itens podem estragar se não forem armazenados corretamente. Como nem sempre é fácil identificar produtos nestas condições, pesquisadores do MIT criaram uma tecnologia que utiliza o seu smartphone para te ajudar nesta tarefa.

A “magia” acontece a partir de um sensor que detecta a presença de gases ou partículas que, isoladamente, sugerem deterioração do alimento, como peróxido de hidrogênio, amoníaco gasoso e cicloexanona.

Mas este sensor não é nenhum dispositivo altamente sofisticado: trata-se, essencialmente, de uma etiqueta (ou tag) NFC modificada. Os circuitos destes componentes receberam minúsculas incisões que, posteriormente, foram preenchidas com nanotubos de carbono com a ajuda de um lápis especial.Esta alteração faz com que, em situações normais, os circuitos permaneçam “abertos”. Mas, na presença de partículas que sugerem deterioração do alimento, os nanotubos se ligam a elas acionando a sua capacidade de conduzir corrente elétrica.

Na prática, é como se as partículas fizessem os nanotubos fecharem o circuito. Desta forma, a etiqueta NFC passa a funcionar normalmente e, portanto, pode ser lida por qualquer dispositivo compatível com a tecnologia, especialmente smartphones.

Assim, na prateleira de um mercado, o usuário teria apenas que aproximar o celular do produto. Na presença de um gás que indique algo de errado, a etiqueta NFC dará o alerta.

Nos testes, a tecnologia funcionou tão bem que os pesquisadores já se preparam para a próxima etapa: patentear a ideia.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.