QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
PROCURA E OFERTA

PROCURA E OFERTA

     

     Com padarias sendo reformadas e novas casas abrindo, a falta de mão de obra especializada fica cada dia mais evidente no mercado de panificação

     Devido às novas tendências no mercado, muitas padarias em São Paulo/SP estão buscando inovações. Grande parte dos panificadores finalmente está se adequando ao novo conceito. Embora haja muita dificuldade, mesmo assim o panificador tem se mostrado otimista em busca de resultados positivos. Nos últimos anos um grande número de padarias passou por processo de reformas, inovaram nas instalações e serviços. Mas a falta da mão de obra especializada ainda continua sendo uma das principais preocupações para os panificadores. Não somente a mão de obra especializada, mas faltam pessoas com responsabilidades e que realmente queiram atuar nas padarias. Os danos causados pela falta da mão de obra afetam várias padarias, principalmente aquelas construídas recentemente, que inclusive já estão com tudo pronto para abertura, exceto a equipe montada. Na hora da inauguração, o principal atraso na abertura acaba ficando por conta desse problema.

      Toda essa dificuldade vem prejudicando muito o setor da panificação de forma bem expressiva. Uma opção para amenizar a dificuldade ainda está sendo na formação desse pessoal na própria empresa, através de cursos e treinamentos. Com uma grande demanda de padarias sendo inauguradas, a solicitação de pessoal tem aumentado a oferta de emprego, gerando uma espécie de “leilão da mão de obra”. Quem paga mais leva o funcionário. Esta prática se torna prejudicial tanto para o panificador quanto para o funcionário. De um lado o próprio panificador sofre as consequências, motivando cada vez mais a rotatividade, do outro lado o funcionário tem prejuízos com a instabilidade, sem contar que na hora de uma nova admissão o tempo de registros anteriores pode fazer toda a diferença. Essas dificuldades não estão presentes somente nas padarias novas, mas na maioria das padarias a rotatividade de funcionários é muito grande devido, principalmente, às ofertas de maiores salários. Em alguns casos o funcionário acaba trocando de emprego por uma oferta pouco atrativa, simplesmente pelo fato de ganhar um pouco mais. O funcionário acaba trocando de emprego, mas esquece de avaliar outros fatores importantes, como distância nova a ser percorrida, horário de expediente, produtividade, condições de trabalho, ambiente de trabalho, etc.

     Concordo que cada um deve procurar o melhor para si, mas com muita cautela e consciência para não sofrer consequências, pois tenho presenciado grandes decepções e arrependimentos em determinadas trocas de empregos. Na maioria dos casos, em uma troca de emprego, o funcionário acaba não se beneficiando em nada, ganha de um lado, mas perde de outro. Portanto, antes de mudar de emprego é preciso avaliar muito bem a oferta, pois ela pode não ser tão atrativa quanto parece.

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.